25/04/2015

Uma carta para você.

Fonte: Pixabay

















A fila andou, eu sei. E dentro de mim ainda existe uma ponta de arrependimento. Errei. Deixei você escapar da minha direção sem qualquer impedimento. Fui imaturo, causei um alarido na sua vida e deixei que você colocasse tudo no lugar sozinha, sem qualquer ajuda da minha parte. Fiquei no meio da janela atrapalhando tudo, sem saber se continuava ao seu lado ou voava para o mais longe possível. Até que optei por me afastar. Me afastei propositalmente, indo cada vez mais distante do amor mais verdadeiro que existia, o seu. Não me importei com o futuro. Admito que durante esses vinte e um anos da minha vida, eu só me preocupei com o presente. Quando se é muito jovem a gente só pensa no agora, esquecendo que o agora está sempre em constante transformação. No começo não atinei que você era diferente de todas as outras mulheres que passaram por mim. Precisei enfrentar a solidão para entender que no meio de mil sorrisos, era exatamente o seu o único que destacava, era exatamente o seu o qual eu precisava. 

A vida é como uma fábula. Precisei passar por obstáculos, para aprender a verdadeira moral da história. Hoje, sentado na varanda observando as estrelas no céu, me vem à mente a última vez em que te vi. Ao fechar os olhos, a sua imagem vem à tona e fico absorto nos meus pensamentos. Você no supermercado com seu atual namorado – esse esquisito das pernas tortas que você arrumou – devo acrescentar também que você não fez uma boa escolha. Eu sempre fui o homem que você prometeu nunca esquecer e agora esse estranho já possui meu antigo espaço. E agora é ele que dorme ao seu lado todas as noites. Mas eu espero que você esteja bem. Espero que ele lhe traga todo dia ao amanhecer aquela caneca cheia de cafeína que você adorava receber na cama todas as manhãs. Espero que ele te cubra com aquele edredom verde florido que você joga no chão nas noites congeladas. Espero todos os dias que você seja feliz.  

O seu cheiro permaneceu incólume nas minhas roupas. A casa parece maior sem você por aqui. Me lembro que nas tardes de inverno, a sua voz soava como uma canção daquelas que não cansamos de escutar.  Agora entendo o motivo de minha mãe sempre dizer para dar valor ao que vale a pena, de alguma forma ela sabia que coisas verdadeiras são raras de se encontrar, ainda assim precisei de tempo para enfim dar ouvidos ao que ela dizia. Choro, por essa lágrima pesar tanto, choro em busca do alívio da dor. Olho nossas fotografias espalhadas pela parede da sala. E cada momento vivido volta a me perseguir. À noite ao me deitar ainda deixo o abajur acesso como você gostava. Meus olhos se inundam de água, mas é preciso frear cada lágrima que tenta cair pelo meu rosto. É preciso então coragem, não para arrancar a página e iniciar outra, mas sim para procurar outro livro, outra história... Arrependimento é querer voltar ao tempo, mesmo sabendo que não é possível. Arrependimento dói, mas ensina, e muito. Mesmo que todas minhas forças se esgotem, eu ainda vou lutar por você um dia. Errei ao te deixar, mas aprendi em dobro com o que fiz. 

comentário(s) pelo facebook:

32 comentários

  1. Menina você lacra muito! Cada texto MARAVILHOSO♥ OMG! AMO♥

    tonsdesentimentos.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto Beatriz
    E a verdade é essa:Quem não valoriza perde,infelizmente:(
    Reflexoesdaminhamentedoida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Você que fez esse texto?
    Sendo ou não, o texto é perfeito !
    Não é uma leitura vazia, mas é daquelas que mechem com a gente, que nos coloca pra refletir, toca a alma!
    Parabéns!

    http://amelialuanasales.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaah que linda, eu que fiz o texto e obrigada! Fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  4. Gatinha, que texto divino é esse? Você arrasou, viu? Achei muito profundo, lindo. E que layout gracinha é esse? apaixonada pelos simples detalhes dele... Beijos lindona <3 Seu texto me fez apaixonar pelo seu blog *-*
    http://mundocordepessego.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O texto é perfeito. Simples e claro. Bjs flor.
    www.vidadeblogueira.com

    ResponderExcluir
  6. Texto lindo! Muitas vezes demoramos para perceber nossos próprios erros, e quando percebemos pode ser tarde demais, e a dor pode ser insuportável de aguentar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lenise! Obrigada <3
      Se tiver blog, deixe o link. Beijoss

      Excluir
  7. Seus textos são maravilhosos bia, carregado de emoção, acho que cada um que ler vê um pedacinho de si nele.

    Beijos,

    {Blog Pensamentos Irreais}  {Twitter}   {Fan Page}


    ResponderExcluir
  8. Infelizmente os maiores aprendizados da vida são quando erramos, mas se aprendemos mudamos!!! Achei seu blog pelo grupo do Face, te convido a conhecer o meu. E se gostar e seguir me dando uma forcinha, ctz retribuo o carinho!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha Verdade, já conheço seu blog Bia <3

      Excluir
  9. Olá, linda!!
    Vim visitar o seu blog - linda a mensagem, bem escrita e bem emocionante!!
    Beijão
    WWW.PAINELPARACONGRESSO.COM

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto, conheci seu blog no grupo '' divulga seu blog '' vim conferir e já estou seguindo
    delineandocomamandy.com

    ResponderExcluir
  11. Que texto lindo é esse? Cada palavra é pura verdade. Sucesso no blog flor.
    Beijos. www.vidadeblogueira.com

    ResponderExcluir
  12. Cara, que texto maravilhoso. Senti uma pontada no coração <3
    Me lembrou do meu primeiro namorado, quando a gente terminou. Legal sentir uma conexão. Parabéns, muito bem escrito!
    Beijos
    www.karussa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ka, fico feliz que tenha gostado hahahaha beijosss

      Excluir
  13. Oi, Bia! Adorei o texto, justamente porque me identifiquei... Ah, e o blog é lindão! Já to te seguindo, viu?

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aah que lindaaa! Muito obrigada. Vou visitar o seu também hahaha beijosss

      Excluir
  14. Não abrir mão é uma escolha que podemos se arrepender.
    Mas é melhor fazer uma escolha do que viver sob a sombra do benefício da dúvida.

    ResponderExcluir



Image Map