15/08/2014

Ciúmes no Relacionamento.

Quem nunca sentiu aquela pitadinha de ciúme? Acho que todos já sentiram, o ciúme não é tão ruim assim, exceto quando ele vem em dose exagerada. Vamos acompanhar a história sobre Mariana e Leonardo, conhecendo o ponto de vista de cada um, dois jovens que não conseguem lidar com o ciúme e acabam destruindo um relacionamento. 
Foto: Google Imagens.






















Mariana:
Dava para perceber a raiva que o Léo estava sentindo. Estávamos passando pela praça, quando um moreno alto, até bonitinho,  gritou ‘’ Loira gostosa’’ para mim, eu não dei confiança, claro, mas o Léo logo fechou a cara.
-Você vai continuar sem falar comigo mesmo? – Digo, enquanto abro o vidro do carro.
-Estou falando. – Ele diz, todo sério.
-Olha, eu não tenho culpa se aquele cara gritou algo lá na praça, eu hein. - Falo já irritada com aquela situação.
-Não tem culpa? Você ficou toda feliz, abriu logo um sorrisão Mariana!
Para. Para tudo! Eu não fiquei feliz porque um babaca gritou ‘’Loira gostosa’’, o Léo só pode tá louco, claro, eu ri baixinho, porque achei engraçado a cara que o Léo fez, poxa, foi engraçado, eu juro.
-Claro que não!
-Claro que sim Mariana! Você é uma mulher comprometida. COMPROMETIDA, não se deve dar confiança a alguém que passa pela rua te chamando de gostosa. Porra! Você é o quê? Uma vadia?!
O quê? Ele insinuando que eu era uma vadia? Por favor né? Eu, com toda certeza não iria permitir isso.
-Cala essa boca! E mais cedo em que uma feiosa passou, acenou para você, e você ainda ficou olhando para as pernas dela, hein? – Falo quase gritando.
Uhul, nota DEZ para mim, o Léo não podia falar mais nada, até porque ele também estava errado. Eu vi, vi sim, o quanto ele olhava para a feiosa, ele não podia ficar olhando para ninguém, tá, eu senti ciúmes, mas só um pouquinho.
-Ah por favor, eu não estava olhando para as pernas dela... – Léo diz, enquanto acelera o carro.
-Estava!
Claro que ele estava, só era covarde demais para admitir!
-Não muda de assunto Mariana...
Quem ele pensa que é? Eu pelo menos não estava olhando ninguém...
-Você não presta, assume! – Ele diz, todo grosso.
-Para este carro, AGORA! – Grito.
Não dava para acreditar. A grosseria dele acabou comigo, definitivamente. Brigar por causa de um cara na qual nunca vi antes e não conheço. Para mim era demais. Demais!
-Para de bobeira. – Ele diz, agora já diminuindo o tom de voz.
-Para, eu quero ir embora SOZINHA! Paaaara o carroooo!
Ele então dar uma freada, e eu, desço do carro.
Leonardo:
Eu simplesmente odeio falta de respeito com a minha namorada. Estávamos passando pela praça em Minas Gerais, era fim de tarde, quando um idiota gritou ‘’Loira gostosa’’, assim, na cara de pau, e olha que Raaaaaaiva! Mariana logo abriu um sorrisinho bobo, e isso me deixou com mais ódio ainda.
-Você vai continuar sem falar comigo mesmo? – Ela diz.
-Estou falando. –É a única coisa que consigo dizer naquele momento.
Mariana começou a se explicar dizendo que não tinha culpa de nada, tudo bem, eu entendo tá? Ela não tinha culpa, mas precisava mesmo abrir um sorriso bobo, aquilo só me fez sentir mais raiva e admito, ciúmes também.
-...Porra! Você é o quê? Uma vadia?!
Ups, eu chamei a minha namorada de Vadia? Nota ZERO para mim, mas que raiva pô. E falei sem querer. E ela havia me chamado mais cedo de trouxa, só porque uma morena pernuda passou me dando mole, eu olhei, claro, sou homem pô! Mas não dei confiança, juro que não. 
-Cala essa boca! E mais cedo que uma feiosa passou, acenou para você, e você ainda ficou olhando para as pernas dela, hein? -Ela diz, quase gritando.
Eu sabia que ela iria jogar isso na cara de novo, de novo e de novo, ah mulheres! Estávamos saindo da loja quando uma moça, de seus vinte e poucos anos, acenou para mim, eu fiquei olhando.
-Tá olhando o quê?- Mariana me dar um belisco .
- Nada pô!
-Eu vi seu trouxa, eu vi!
Aff cara, qual foi?
-Vontade de matar alguém! – Ela fala cheia de raiva.
Ih, sem noção, devia estar na TPM, só pode! Mas ela falou tanto, mas tanto sobre isso no meu ouvido, que nem me lembro mais o que ela tanto falou, Mariana falou deste assunto até o episódio da praça...
Esse negócio dela ficar tocando no assunto da pernuda, só porque eu falei do idiota da praça, aumentou minha raiva, e muito.
-Você não presta, assume!
Caraca! Olha o que eu falei!!!!
-Para, eu quero ir embora SOZINHA! Paaaara o carroooo!
Ela gritou tão alto, que até me assustei, dei uma freada, e Mariana saltou do carro em segundos.
Mariana:
Depois disso, eu e o Léo nos falamos, mas nosso relacionamento não andava muito bem. Era briga, discussão, e claro, muito ciúme. Foi então que vimos que não dava mais certo continuarmos juntos, para mim foi difícil, eu gostava muito dele, mas foi preciso terminar.
-Então é isso, acabou né? – digo, com o coração na mão.
-Acho que sim. – Ele diz, mas acho que não se importava muito.
Demos um longo abraço, e ele seguiu o caminho de casa.
Términos para mim sempre foi complicado, mas não havia outra escolha a ser feita, ao não ser, deixar o Léo sair da minha vida. Como um casal maduro, tínhamos que enxergar que já não dava mais certo o nosso relacionamento. 
Leonardo:
Eu e a Mari, já não dava mais certo, apesar de eu gostar muito dela, foi preciso enxergar algumas coisas, como várias brigas desnecessárias, e o ciúme, que era demais!
-Então é isso, acabou né? – Ela diz, acho que não se importava muito com tudo isso.
-Acho que sim.- Digo, muito triste.
Nos abraçamos e eu fui embora da casa dela.
Foi difícil, mas nosso relacionamento andava péssimo. Nem sempre o que desejamos, é da maneira que queremos. Enfim, deixei a Mari ir embora da minha vida, não era orgulho, acredite, só não deu certo. 
Mariana:
Algumas pessoas diriam que o ciúme é tudo no amor, outras diriam que não, mas enfim, eliminar esse sentimento seria impossível. Aquele ciúme que bate do parceiro uma vez ou outra, nunca faz mal a ninguém, dizem que quem ama, sente ciúmes mesmo, o ciúme saudável é uma boa maneira de mostrar o amor a alguém, mas quando o ciúme é demais? Ai definitivamente não dar! Eu diria que ciúmes em excesso é medo de perder a pessoa amada, insegurança, autoestima baixo. Lembre-se tudo que vem em excesso faz mal. Ciúme ? Só se for na medida certa!





comentário(s) pelo facebook:

10 comentários

  1. Ciumes quem nunca? rsrs ótimo post!

    http://rebobinaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Achei o Leonardo meio grosso e machista. Completamente ele quer satisfação dos erros dos outros, mas achou que pelo fato dele ser homem ele pode errar em determinados erros! Porém, do mesmo jeito eu gostei de sua ficção, pois retrata muito os relacionamentos de hoje em dia e esse ciúme excessivo que está em alta. Bjss

    http://diariodeuma-estranha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, o ciúmes em excesso colocou fim no relacionamento dos dois...
      Seguindo seu blog, beijinhos!

      Excluir
  3. Seus textos tão muito bons, parabens *--*

    todasenhorita.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu já tive bastante ciumes quem nunca?
    Beijos e ótimo post!

    http://makeupbygii.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário. Abraço fraterno.António.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada, volte sim!
      Irei visitar com toda certeza! Abraços.

      Excluir



Image Map